sexta-feira, 21 de novembro de 2008

~Ela não merecia morrer como morreu~


Agora ficou tudo vazio depois que a Dalila se foi...

Eu não posso esquecer o último olhar que ela me lançou. Então toda aquela tempestade de lembranças acontece dentro de mim, e as lagrimas surgem no meu rosto novamente.

Porque eu realmente a amava!

Não sei por quanto tempo vou ficar assim, mais o meu coração dispara todas as vezes que eu lembro que não vou mais poder abraça-la, e vê-la rondando pela casa.

Já sinto muita saudade dela. E meus dias são mais tristes, como se o vento não tocasse mais o meu rosto, não sei quando vou superar esta perda.

Só o tempo para aliviar toda a dor que sinto.

~
À minha Companheira das longas horas tristes.
~
E.L.Q.

4 comentários:

Poison disse...

eu ainda num tinha visto
esta postagem.

é até dificil dizer algo animador
nesses momentos tristes

Hugo disse...

depois das maiores tristezas vem as grandes alegrias...
as tuas ainda estão por vir, basta esperar e crer!

Israel Barbosa disse...

é muito triste perder alguem... principalente alguem que agente podia se abrir
Foi triste o modo como teve que acabar, e embora muitos queiram te ajudar, e digam que sabe o que estás sentindo, ninguém jamáis vai conseguir saber, ou entender, o que você está passando agora

Anônimo disse...

Eu sei oq vc está passando nesse moomento. Tb sofri a perda da minha filhinha, amiguinha e companheira e td o q ficou foi um vazio infinito q transformou td dentro de mim. Agora sou apenas o reflexo da minha dor.
Mas o tempo ajuda a aceitarmos e nos acostumar com as coisas, porém a dor é eterna.